terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Tablet do Google começa a ser vendido, mas Pixel C não chega ao Brasil


O Google anunciou o início das vendas do novo tablet Pixel C nesta terça-feira (8). O dispositivo chega em 14 países, mas o Brasil ainda não está na lista de distribuição. O tablet, que roda o Android Marshmallow, oferece uma ficha técnica avançada com um processador NVIDIA de 64-bit e vem com tela de 10,2 polegadas.


iPad Mini, Air ou Pro: qual tablet da Apple é o ideal para o seu perfil?


O interessante é que o gadget foi elaborado apenas pela gigante das buscas, sem parcerias com fabricantes como ocorre com os smartphones da linha Nexus.



Pixel C começa a ser vendido pelo Google (Foto: Divulgação/Google) 
Pixel C começa a ser vendido pelo Google (Foto: Divulgação/Google)
O dispositivo com design em alumínio pode ser acoplado a um teclado de base e fica com cara de notebook compacto. Nas dimensões, o Pixel C tem 242 x 179 x 7 mm com peso de 517 g. Estão presentes duas câmeras: uma traseira com 8 MP e uma frontal com 2 MP. Por dentro está um processador Nvidia Tegra X1 com 3 GB de RAM e armazenamento interno em opções de 32 GB e 64 GB.

Pixel C tem tela de 10,2 polegadas e pode ser acoplado em teclado (Foto: Divulgação/Google)Pixel C tem tela de 10,2 polegadas e pode ser acoplado em teclado (Foto: Divulgação/Google)
A tela LCD tem tamanho de 10,2 polegadas com resolução de 1800 x 2560 pixels. Já sobre o sistema operacional, o gadget integra o Android mais recente na versão 6.0 Marshmallow e estão presentes ainda as conexões por Wi-Fi e Bluetooth 4.1. Já o teclado “extra” tem ângulo ajustável, também é revestido em alumínio para combinar com o visual do tablet e pesa 399 gramas.


Modelo Pixel C com 32 GB e 64 GB começa a ser vendido em 14 países mas sem previsão para o Brasil (Foto: Divulgação/Google)Modelo Pixel C com 32 GB e 64 GB começa a ser vendido em 14 países mas sem previsão para o Brasil (Foto: Divulgação/Google)
O Pixel C ainda não tem previsão de lançamento nem preço de venda no Brasil, mas no mercado estrangeiro o tablet pode ser encontrado em 14 países: Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Alemanha, Irlanda, Áustria, Austrália, França, Espanha, Holanda, Suíça, Bélgica, Hong Kong (China) e Nova Zelândia.


Pixel C oferece uma câmera traseira de 8 megapixels (Foto: Divulgação/Google)Pixel C oferece uma câmera traseira de 8 megapixels (Foto: Divulgação/Google)
Curioso para saber os preços? Nos Estados Unidos o tablet é vendido pelo valor de US$ 499 (cerca de R$ 1.897 em conversão direta) na opção de 32 GB e por R$ 599 (cerca de R$ 2.278) no modelo com 64 GB. O teclado é comprado a parte por um valor de US$ 149 (R$ 566 em conversão direta).

GOSTOU DESTA POSTAGEM, QUER RECEBER AS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO? ENTÃO CADASTRE SEU E-MAIL LOGO ABAIXO:

CADASTRE SEU EMAIL AQUI:

Delivered by FeedBurner

Facebook fecha laboratório e mata diversos apps

São Paulo – O Facebook fez algumas mudanças e tirou alguns aplicativos que você, muito provavelmente, nunca usou das lojas online. O Creative Labs, divisão de inovação com apps da empresa, foi fechado nesta semana. Quase todos os produtos desenvolvidos pela equipe foram retirados das lojas online da Apple e do Google.

O Creative Labs funcionava como uma startup dentro do Facebook. Apesar da proposta interessante, os produtos desenvolvidos pela equipe nunca atingiram grande sucesso.

Entre os apps que estão sendo descontinuados pelo Facebook estão o Slingshot (competidor do Snapchat com mensagens que se apagam), o Riff (para gravar a compartilhar vídeos curtos) e o Rooms (tentativa de reformular os grupos e fóruns de internet).

Facebook vídeos 360

O sobrevivente dessa leva é o Paper. Ele é, ao mesmo tempo, o app que atingiu maior sucesso. Ele era voltado para a leitura de notícias e estava disponível somente para iOS. Foi dele, vale dizer, que saiu a ideia dos Instant Articles--que chegou recentemente ao Brasil. Parte da equipe que cuida dessa nova empreitada do Facebook veio dos criadores do Paper.

Em um comunicado oficial para o site The Verge, um porta voz explicou a decisão. "Nós não atualizamos esses aplicativos há algum tempo e decidimos terminar oficialmente o suporte removendo os produtos da App Store e da Google Play."

Os outros apps continuarão funcionando para aqueles que já tiverem feito o download. Ao site Cnet, o Facebook afirmou que continuará experimentando com aplicativos.


GOSTOU DESTA POSTAGEM, QUER RECEBER AS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO? ENTÃO CADASTRE SEU E-MAIL LOGO ABAIXO:

CADASTRE SEU EMAIL AQUI:

Delivered by FeedBurner

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Adobe lança app para editar vídeos

Por: Michele Rios

Voltada para Android, ferramenta permite criar filmes a partir da combinação de imagens ou de gravações.

Aliando elementos do software Material Design, por exemplo, dentre outras características para proporcionar uma interface otimizada, uma nova ferramenta, apresentada pela companhia Adobe na terça-feira, 1, é voltado à edição de vídeos.

Desenvolvido para usuários da plataforma Android, o app tem como intuito principal possibilitar a elaboração de filmes, que são produzidos a partir da combinação de imagens, bem como vários tipos de gravações armazenadas na nuvem Creative Cloud, ou mesmo na memória do smartphone.

 

Adobe lança app para editar vídeos

Chamada de Adobe Premiere Clip, a ferramenta, que é gratuita, capta conteúdo bruto também por meio do celular, o que pode ser feito sempre que quiser.

Apesar de permitir aos usuários editar áudios, bem como aplicar vídeos e fotos, o software apresenta alguns problemas, como por exemplo a desorganização no que diz respeito ao explorador de arquivos interno, além da limitação de 1 GB no caso de arquivos gravados.  


GOSTOU DESTA POSTAGEM, QUER RECEBER AS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO? ENTÃO CADASTRE SEU E-MAIL LOGO ABAIXO:

CADASTRE SEU EMAIL AQUI:

Delivered by FeedBurner

Processador para celular terá suporte de até 8 GB de ram, confira

Postado em por Tempo Real Tec.Plus

O processador 830 Snapdragon da Qualcomm poderá suportar até 8GB de RAM

O processador Snapdragon 820 ainda está para ser lançado em um dispositivo real, mas parece que a indústria de processadores não deseja perder tempo, com o foco já mudando para o seu sucessor. É claro que, neste momento, é muito cedo para ter qualquer informação real sobre o novo chip, mas várias fontes já divulgaram algumas especulações bastante ambiciosas. No entanto, este rumor é realmente surpreendente – o suporte para até 8GB de RAM.

Está informação teve base nos próximos smartphones a serem fabricados nos próximos anos, já que segundo o analista Chinês Pan Jiutang, afirma que os novos aparelhos precisarão de uma “extra” memória para rodar os sistemas atuais.
 qualcomm-snapdragon-processor.jpg
É lógico que a informação divulgada é apenas um rumor e não oficial, uma vez que é definitivamente muito cedo para ter qualquer informação concreta sobre o processador. Ainda assim, é uma bela oportunidade para iniciar um debate sobre se tal “poder” do processador seria útil ou prático dentro de um aparelho.

Deixe sua opinião abaixo sobre o assunto…



GOSTOU DESTA POSTAGEM, QUER RECEBER AS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO? ENTÃO CADASTRE SEU E-MAIL LOGO ABAIXO:

CADASTRE SEU EMAIL AQUI:

Delivered by FeedBurner